357 Mystic Ave
Medford, MA 02155 | Driving directions
Inman Motors Sales
 |  (617) 666-2727
357 Mystic Ave, Medford, MA 02155
 (617) 666-2727 / info@inmanshow.com
We proudly sell these pre-owned brands
featured cars

Schedule a test drive at Inman Motors Sales
inman blog
Carros do cinema: conheça 11 modelos da telona

Por causa da indústria cinematográfica, vários veículos ficaram conhecidos e deixaram marca por onde passaram, completando o contexto do filme e fazendo parte das histórias dos personagens.

Muitos deles roubaram a cena e chamaram mais atenção, tornando-se objeto de desejo dos espectadores apaixonados por carros, que sonhavam em sair por aí pilotando os automóveis das telonas.

Para conhecer ou relembrar alguns modelos que foram grandes estrelas da Sétima Arte, listamos a seguir 11 memoráveis carros do cinema. Acompanhe!

1. Batmóvel

O Batmóvel era o veículo mais famoso do homem-morcego, com inúmeras versões desde os anos 60. No entanto, foi em 1989 que o automóvel teve a sua versão mais emblemática. E o filme? Batman Returns, dirigido por Tim Burton.

Projetado na base de um Chevrolet Impala, no lugar do motor o veículo recebeu uma turbina de avião e, na traseira, uma chama de fogo que era acionada cada vez que o herói acelerava. Esse detalhe foi o mais marcante da película.

2. Ecto-1

Equipado com adesivos e diversos materiais para enfrentar os seres de outro mundo, o Cadillac Miller Meteor Ambulance de 1959 foi um dos personagens do filme Os Caça-Fantasmas, um clássico dos anos 80. 

A viatura de emergência desfilava pela cidade com seu design marcante, tendo como principais características a carroceria com mais de 5 metros de comprimento e a traseira em formato de rabo de peixe. Além disso, o Ectomóvel  como também era conhecido  tinha motor V8 de 325 cavalos de potência de 6,4 litros e câmbio automático com 3 marchas.

3. DeLorean DMC-12

Muito mais do que um carro no filme De Volta para o Futuro, de 1985, o veículo conduzido pelo cientista Dr. Brown e seu amigo Marty McFly, era uma verdadeira máquina do tempo. Com capacitor de fluxo, o veículo utilizava como combustível o elemento químico plutônio, que se convertia em energia e tornava possível a viagem para décadas passadas.

As portas do veículo tinham formato de asas e se abriam para cima, dando uma imagem futurista ao DeLorean. Já a carroceria — constituída por aço inoxidável — resistia às diversas variações de temperatura que as viagens no tempo poderiam oferecer.

4. Christine

Um belo Plymouth Fury vermelho e branco de 1958 comprado por Arnie Cunningham se tornou o protagonista do filme Christine – O Carro Assassino, de 1983.

O modelo Plymouth tinha uma carroceria única de teto rígido, com motor V8 Golden Commando de 5,75 litros. Um dos itens mais interessante era a injeção eletrônica de combustível, que resultava na potência de 305 e 315 cv e atingia 96 km/h em apenas 7,5 segundos.

Na história, o modelo precisava de alguns reparos e chamou a atenção do adolescente Arnie, que se apaixonou pelo veículo e decidiu restaurá-lo. No entanto, o automóvel tinha um passado sombrio e aparentemente era possuído por um espírito, que passou a perseguir e matar as pessoas.

5. Ford Gran Torino

No drama Gran Torino, dirigido e estrelado por Clint Eastwood em 2008, o carro-título é do veterano de guerra e ex-funcionário da Ford Walt Kowalski (Clint). O modelo clássico de 1972 é impecável e permanece guardado na garagem como relíquia durante a maior parte do filme, pelo conservador aposentado.

Não é para menos: o cupê (um estilo de carroceria) tinha motor 5.0 V8 a gasolina, com tração traseira e velocidade que podia chegar a 171 km/h.

6. Aston Martin DB5

Em 1964, o filme 007-Contra Goldfinger levou para as telas o sofisticado carro Aston Martin DB5, pilotado pelo agente secreto mais famoso do mundo: James Bond (Sean Connery).

O modelo era equipado com diversos artifícios, como assento ejetável, lançador de óleo, metralhadoras, radar e cortina de fumaça, que eram acionados contra quem ousasse perseguir o espião.

7. Herbie

Quem já teve a vontade de ter um carro com personalidade própria, não vai se esquecer do famoso e simpático Herbie. Lançado pela Disney em 1968, o filme Se Meu Fusca Falasse tem como personagem principal um fusca branco com rodas largas, pneus esportivos, listras brancas, vermelhas e azuis, além do número 53 na carroceria e no capô.

Herbie era um fusca temperamental e desprezado que foi comprado pelo piloto de corridas falido Jim Douglas, que graças ao simpático carro conseguiu vencer provas e voltar ao topo.

8. Eleonor

Outro belíssimo modelo entre os carros do cinema é o Mustang Shelby GT500 de 1967, cuja réplica foi produzida especialmente para o filme 60 Segundos, de 2000.

Eleonor era um veículo cobiçado pelo ladrão de carros Randall Memphis Raines (interpretado por Nicolas Cage), que precisa roubar 50 automóveis em apenas uma noite, e um deles era o Mustang, que foi o foco das ações.

9. Bumblebee

Cobiçado por diversos espectadores, o Camaro amarelo com listras pretas é o carro mais emblemático da franquia Transformers, cujo primeiro filme foi lançado em 2007. No longa, o automóvel é um robô alienígena da espécie Autobots, que lutavam contra os também carros-alienígenas Decepticons.

Bumblebee foi adquirido por Sam (Shia LaBeouf) e tinha a capacidade de se comportar como um carro comum ou se transformar em um gigante robô.

10. Cachorro Móvel

Considerado um dos carros mais bizarro da lista, o Ford Econoline de 1984 do filme Débi & Loide – Dois Idiotas em Apuros, de 1994, foi adaptado para que tivesse o formato de um cão. O veículo utilizado pertencia à linha de vans da Ford e tinha 2 metros de altura e 5,25 de comprimento, com um potente motor de 6 cilindros.

Débi, um dos protagonistas, trabalhava com os animais e, apaixonado por eles, modificou seu veículo para deixá-lo com características de cachorro. No entanto, ele e seu amigo Loide perdem o emprego e decidem se aventurar viajando pelos Estados Unidos com o seu inconfundível dog-móvel.

11. Chevy Monte Carlo

Usado para transportar os personagens do filme Dia de Treinamento, de 2001, o Chevy Monte Carlo de 1979 se destacou na ação policial. Um carro de luxo com carroceria cupê de duas portas e cor preta era conduzido por Denzel Washington e Ethan Hawke durante as investigações pelas ruas de Los Angeles.

Com tantos automóveis que ganharam destaque na produção hollywoodiana fica até difícil escolher um para dar um passeio, não é mesmo? Seja em filmes de comédia, drama ou ação, os carros do cinema roubaram muitas cenas e se tornaram verdadeiros protagonistas de seus respectivos filmes.

Tanto é verdade que, mesmo que não tenhamos assistido ao longa de cada modelo, conhecemos alguns desses carros. Ou vai dizer que você nunca ouviu falar no Batmóvel, no Herbie ou no DeLorean? 

Gostou de relembrar e conhecer alguns carros do cinema que foram grandes sucessos? Então compartilhe este artigo nas suas redes sociais para que outras pessoas se encantem com a beleza desses automóveis e  por que não?  sonhem em adquirir um modelo semelhante!


GPS nos EUA: como escolher e usar?

Quem já visitou ou então mora nos EUA sabe que se locomover sem alguma forma de orientação é praticamente impossível. São inúmeras ruas, com diversas entradas e saídas de Highways, que podem levar o condutor ao erro e aumentar a distância da viagem consideravelmente.

Hoje, é possível encontrar aparelhos de GPS nos EUA por um baixo valor e capazes de fornecer ótimas orientações de navegação. Além disso, um GPS possui mapas salvos em seu sistema, no modo offline, que não vão lhe deixar na mão — ao contrário dos celulares quando perdem o contato com o sinal.

Pela grande quantidade de dispositivos disponíveis, fica até complicado fazer uma escolha. Por isso, neste artigo, vamos revelar como escolher um bom GPS e como usá-lo nos EUA. Além disso, ainda vamos esclarecer a diferença entre eles o os aplicativos.

Alugar não sai mais barato?

Antes de tudo, uma dúvida muito recorrente deve ser esclarecida. Se por algum motivo você tiver a escolha de alugar um GPS, em vez de comprar, não seria a melhor opção?

Por mais que o valor de um aluguel de GPS seja bem menor do que o seu valor total, acredita-se que, dependendo do aparelho, o aluguel já se equipare ao preço de venda dentro de uma a duas semanas de uso.

Dessa forma, se você vive nos EUA, não há dúvidas quanto a melhor opção, não é mesmo?

Aplicativos de smartphones não realizam a mesma função?

Existem muitas opções de aplicativos de navegação por meio de GPS nos celulares de hoje. Realmente, é uma dúvida que surge e que, às vezes, pode até valer a pena. Se você usar pouco o GPS, e só utilizar para tirar poucas dúvidas de trajetos, essa pode sim ser uma opção.

Por outro lado, se você estiver buscando um dispositivo para uso diário, para utilizar em viagens e com uma frequência regular, o GPS com certeza é a melhor opção. Veja as vantagens ao se optar pelo uso do GPS:

  • melhor serviço de mapas e rotas;
  • não se paga pelo uso;
  • não depende de sinal;
  • economia de bateria do celular;
  • aumento da vida útil da bateria do celular;
  • ótima interface.

Quem já teve a oportunidade de usar um bom GPS sabe que os mapas e rotas desses aparelhos são excelentes. Os mapas são atualizados constantemente assim como os estabelecimentos inseridos no GPS.

Uma vez que você comprou o GPS, não terá mais nenhum custo atrelado ao seu uso, diferentemente dos aplicativos que precisam de dados de internet para serem atualizados e para funcionar. Além disso, o app só vai funcionar quando o sinal da operadora for encontrado.

Como comentado anteriormente, a bateria do celular também sofre bastante quando utilizamos o smartphone como se fosse um GPS. A vida útil da bateria cai drasticamente, sendo necessário que a troque antes do previsto.

Por fim, a interface do GPS permite que você realize alterações na tela, podendo escolher os itens que vão ser exibidos. Este é um ponto bastante elogiado pelos usuários desse aparelho.

Como escolher o seu GPS nos EUA?

Com tantas opções de marcas e modelos disponíveis, na hora de realizar a compra do seu GPS é preciso ter atenção e seguir algumas dicas que preparamos para você.

Antes de ir às compras, é importante que você realize uma pesquisa por meio das grandes lojas que vendem esses artigos. Os sites do Best Buy, Walmart, Kmart e Target são alguns dos que você pode visitar e realizar uma pesquisa de preço.

Outra vantagem de se fazer uma pesquisa prévia é que você pode, ainda, ler as avaliações dos produtos que lhe interessaram, auxiliando na opção pelo melhor item.

Após a escolha ou até em caso de dúvida, visite o site do fabricante e veja todas as funcionalidades disponíveis, para que você o utilize da melhor forma possível. Algumas marcas de boa qualidade nos EUA são:

  • Garmin;
  • Multilaser;
  • TomTom;
  • Aquarius;
  • Midi;
  • Foston.

Os acessórios também podem ser úteis no seu dia a dia e não possuem um preço elevado.

Ter uma capa para transportar o aparelho pode aumentar sua vida útil e manter a boa aparência do dispositivo. O cartão de memória é outro dispositivo necessário para salvar os mapas e as informações dos locais por onde você deseja transitar. Fique atento ao modelo do seu GPS, para comprar um cartão que seja aceito por ele.

Se quiser ir para fora dos EUA com o seu GPS, é bom verificar antes se os mapas daquela localidade já estão baixados no seu aparelho. Se ainda não, isso pode ser realizado por meio do site do fabricante. É possível que esse serviço seja fornecido gratuitamente.

Em alguns casos, o GPS já vem com um suporte por meio de sucção, que deve ser montado no para-brisa do veículo. Se você não quiser deixar o seu GPS à mostra, compre uma base de montagem portátil por fricção. Com esse acessório, você não precisa deixar seu GPS visível e ainda realiza a montagem e desmontagem em segundos.

Como usar o seu GPS?

O primeiro passo para usar o seu GPS é instalar o suporte no veículo. Realize essa etapa pensando na segurança do aparelho. Instale-o em um local com uma boa aderência, onde o GPS não corra o risco de sofrer uma queda e quebrar logo no início.

Ao instalar o GPS no suporte, conecte-o a uma fonte de energia por meio do cabo de alimentação. É recomendado que se utilize o aparelho sempre dessa forma, para que a bateria não venha a acabar no meio de um trajeto.

Você pode escolher o idioma de preferência. Se preferir o português, faça a modificação nas configurações do aparelho.

Em seguida, já é possível colocar um local de destino e testar o seu aparelho. Se você sentir dificuldades, peça ao vendedor para lhe auxiliar nessa etapa inicial. Leve o GPS até a loja e peça para ele lhe dar algumas dicas. Outra saída é consultar o manual de instruções.

Para não chamar a atenção e até para protegê-lo do sol, guarde seu aparelho sempre que deixar o veículo. A fácil montagem e desmontagem dos suportes tem justamente esse objetivo. Então, ao sair do veículo, guarde o dispositivo no porta-luvas do carro.

Por fim, você pode utilizar o aparelho fora do seu veículo. É possível escolher a opção de caminhada e estimar os tempos de deslocamento ao andar a pé. Além disso, o GPS pode ser utilizado para informar o local em que o veículo foi estacionado.

Com todas essas dicas, você já pode escolher o seu GPS e usá-lo da melhor forma pelas estradas do EUA. Ficar perdido agora não será mais um problema, e você poderá aproveitar as suas viagens e outros deslocamentos com maior tranquilidade.

Gostou de saber como escolher e usar um GPS nos EUA? Se ainda tiver alguma dúvida ou souber mais dicas e novidades para compartilhar com a gente, deixe seu comentário!


5 filmes sobre carros para quem ama velocidade e adrenalina

Engana-se quem acha que o cinema não explora o universo automotivo. Ao longo da história, muitos filmes sobre carros foram sucesso de bilheteria e conquistaram uma legião de fãs com cenas eletrizantes, velocidade e o principal para quem ama histórias sobre automóveis: muita adrenalina.

Não é à toa que diversos títulos lançaram tendências e ainda inspiraram diversas pessoas a investir mais em seus veículos e a valorizá-los mais. Por essa razão, listamos cinco produções que você não pode deixar de ver. Confira!

1. Rush — No Limite da Emoção (2013)

A nossa primeira sugestão de longa é Rush — No Limite da Emoção, uma produção que se baseia em dois grandes pilotos da Fórmula 1 nos anos 70: James Hunt e Niki Lauda, aqui interpretados, respectivamente, por Chris Hemsworth e Daniel Brühl.

Ambos tiveram uma trajetória de sucesso marcada por uma forte rivalidade devido aos seus métodos de treino e, principalmente, à sua forma de ver a vida. Enquanto Niki prezava pelo metodismo e pela descrição em tudo que fazia, James sempre foi mais festivo e agressivo.

Durante o filme, vemos como a competitividade entre ambos resultou em diversos recordes, impasses e inúmeros riscos de vida aos quais ambos se submetiam constantemente em busca de mais vitórias.

Tudo isso até 1976, quando houve o GP do Japão e ambos tiveram o seu embate definitivo, considerado por muitos como um dos maiores duelos do esporte, capaz de deixar o mundo todo atento às pistas.

2. Se Meu Fusca Falasse (1968)

Em uma lista de filmes sobre carros, não seria possível deixar de fora esse clássico, não é verdade? A produção de 1968 foi tão bem-sucedida e importante para retratar o amor que muitos têm pelo seu veículo que deu origem a diversos filmes do mesmo gênero entre os anos 1970 e 2000.

Mas esse primeiro filme tem uma história especial, pois nos apresenta um fusca branco chamado Herbie, que é deixado de lado por seu antigo e nada confiável dono em uma pequena loja de carros de uma cidade por não ser considerado bom o suficiente.

No entanto, o automóvel acaba sendo adquirido por Jim Douglas (Dean Jones), um piloto de corridas que, ao contrário de muitos, não o ignora e decide levá-lo para que seu amigo Tennessee Steinmetz (Buddy Hackett) realize algumas melhorias nele.

Por ser tratado bem, o fusca — que tem personalidade própria — resolve retribuir os cuidados e começa a ajudar Jim a vencer diversas corridas das quais ambos participam. É aí que Peter Thorndyke (David Tomlinson), o ex-dono de Herbie, decide intervir e prejudicá-los para que não vençam mais nenhum campeonato.

3. Senna (2010)

Entre as nossas sugestões de filmes sobre carros não poderia faltar, é claro, um documentário intenso que prestigia um dos maiores ídolos brasileiros, que marcou toda uma geração: Ayrton Senna.

Na produção, acompanhamos sua trajetória na Fórmula 1, desde o momento em que despontou no GP de Mônaco, em 1984, mesmo largando em 13º lugar e competindo com grandes pilotos da época, como Nelson Piquet, Alain Prost e Corrado Fabi.

Ao longo de quase duas horas, somos apresentados a outros momentos marcantes do piloto em sua ascensão meteórica no automobilismo que, infelizmente, foi interrompida por uma terrível colisão no GP de San Marino em 1994. Este acidente serviu posteriormente para reformular os procedimentos e as medidas de segurança da competição, a fim de evitar outras vítimas fatais.

Além disso, o filme conta com participações especiais dos seus antigos concorrentes, em especial Prost e Piquet, e de outros grandes nomes, como Gerhard Berger, Nigel Mansell e Michael Schumacher, que trazem algumas revelações sobre os bastidores das corridas e os problemas enfrentados na competição.

4. Thunderbolt — Ação Sobre Rodas (1995)

Estrelado por ninguém menos do que Jackie Chan, Thunderbolt — Ação sobre rodas é um filme que mistura ação, comédia e muita adrenalina.

O enredo gira em torno da vida pacata de Chan Foh (Jackie Chan), um mecânico que comanda sua própria oficina e acaba sendo procurado por uma gangue para turbinar alguns automóveis para algumas corridas ilegais que ocorrerão na cidade.

Por se negar a ajudar e ainda auxiliar a polícia local a rastrear os grandes nomes do grupo, suas irmãs mais novas acabam sendo sequestradas por Warner Krugerman (Thorsten Nickel).

Para conseguir salvá-las, ele precisará de muito mais do que coragem, pois será necessário participar de uma disputa com o líder dos criminosos, que é conhecido por ser imbatível.

Para isso, ele usará todo o seu conhecimento sobre veículos e a paixão que tem por eles para garantir a vitória e conseguir desmantelar toda a quadrilha sem que sua família sofra nenhum mal.

5. Velozes e Furiosos (2001-2017)

Por fim, mas não menos importante nesta lista de filmes sobre carros, está Velozes e Furiosos, uma das produções mais veneradas por quem é apaixonado por automóveis.

Tudo começou ainda em 2001, quando o primeiro longa mostrava uma gangue de Los Angeles que participava de corridas ilegais nas ruas da cidade lideradas por Dominic Toretto (Vin Diesel).

Por estar envolvido em um suposto roubo de equipamentos eletrônicos, o grupo se torna alvo das investigações do detetive Brian O’Conner (Paul Walker). Porém, o que ele não podia imaginar é que ao se infiltrar nesse novo mundo ele se apaixonaria pela velocidade e, principalmente, pela adrenalina.

A partir daí, a história ganhou novos rumos e não houve apenas uma continuação, mas sim sete! Nesse intervalo de 16 anos, a franquia tem explorado novas locações em outros países, passando inclusive pelo Brasil.

A oitava sequência da franquia esteve em cartaz recentemente e a produção para um nono filme já está em andamento, com previsão de lançamento para 2019.

Como você viu, não faltam grandes produções — inclusive franquias — na história do cinema para quem é apaixonado por adrenalina e muita velocidade. Por isso, aproveite seu tempo livre, prepare a pipoca e curta nossas dicas de filmes sobre carros!

E se você tem outro longa que queira sugerir, deixe seu comentário e compartilhe-o com a gente!


Showroom Hours

Monday 09:00 AM     07:00 PM
Tuesday 09:00 AM     07:00 PM
Wednesday 09:00 AM     07:00 PM
Thursday 09:00 AM     07:00 PM
Friday 09:00 AM     07:00 PM
Saturday 09:00 AM     06:00 PM
Sunday 10:00 AM     04:00 PM

Contact Us

Driving directions